sábado, 14 de janeiro de 2017

(FFXV) Capítulo 7 - Volta Gladio!!!


Por Brunoliveira

AVISO! É sempre bom avisar que o texto contém spoilers leves sobre a história

VOLTA GLADDY! QUE QUE EU TE FIZ CARA?!?! Pois é, o grandão nos abandonou, por um tempo (curto espero). Uma cena rápida com Umbra e Luna dão início à esse capítulo, alguns dias se passam e estamos seguindo para Vesperpool, local onde preciso recolher o item pedido por Talcott para terminar o conserto do barco que os levará até Accordo.

Aproveito que já estou aqui para resolver as quests que deixei abertas nessa região, descubro uma dungeon: o bosque de Myrl, que contém mais uma arma real: a estrela do fora-da-lei, recolho uns vaga lumes para Sania e um minério para Dino também nessa dungeon, do lado de fora encontro uma plaqueta para Dave e acho o item que Cindy me pediu para melhorar o Regalia. Pronto, podemos continuar com a história! Sigo até o ponto marcado no mapa só para dar de cara novamente com Ardyn. Ele me escolta até a entrada de uma ruína, lá encontro também Aranea que vai me ''escoltar'' ao longo da ruína, uma bela substituição para Gladio, pensando bem, ele não faz mais tanta falta assim, hehe...

Enquanto isso, o rei pode descansar com seu chocobo, hehe...
Estamos na famigerada ruína de Steyliff, que deu um trabalho pra Neiva esses dias, o bom é saber que eu ainda ficarei apenas na parte fácil da dungeon, que por si só já é creepy ao extremo, com esqueletos pequenos e grandes com foices brotando em todo tempo, acompanhados de flans vermelhos, nada que dê muito trabalho, mas são muitos combates, um em cada esquina praticamente. Em certo ponto temos que lidar também com um gigante de ferro, nada que não tenha derrotado antes. ao matar o gigante conseguimos restaurar magicamente algumas partes da ruína e acessar a parte final da dungeon, encontro fontes elementais em uma antecâmara, o que significa que vem chumbo grosso por aí, droga, não posso nem salvar, mas vamos lá... Recolho os elementos, crio mais duas magias pro meu arsenal e sigo em frente. Mais uma bela cena marca a entrada triunfal do boss, um dragão elétrico.

Ele é rápido e como levanta vôo toda hora fica complicado para encaixar grandes combos, aproveito uma hora que ele pousa para soltar o armiger, que agora está mais forte do que nunca, já que só me faltam duas das armas reais opcionais, quando o medidor está perto de acabar libero a investida real e finish, mais um boss derrotado! Pego o Myrthill e volto para a entrada da dungeon, Aranea sai da party e diz que me levará até Lestallum quando estiver pronto para partir. Recolho os tesouros da área, um que me dá o bendito do espinho de Cactuar que preciso entregar pro Cid. Feito isso, falo com a loira novamente para encerrar mais este capítulo. Mais curto que o anterior, mesmo fazendo as sidequests, que não posso esquecer de entregar no próximo capítulo.


0 comentários:

Posts relacionados: