domingo, 29 de janeiro de 2017

(FFXV) Capítulo 10 - Desbravando as Minas!


Por Brunoliveira

AVISO! É sempre bom avisar que o texto contém spoilers leves sobre a história!

O capítulo 10 começa num clima de tristeza e desolação devido aos acontecimentos finais do último capítulo anterior. Noctis se sente desamparado e os Bros também sofrem as consequências do ocorrido. Estamos em um trem à caminho de Tenebrae, mas decidimos parar em Cartanica para recolher mais uma arma real. Temos uma cena de diálogo forte entre Noctis e Prompto, o grandão joga umas verdades na cara do futuro Rei, verdades pesadas, mas que Noct precisava ouvir pra seguir em frente. Ganho liberdade para explorar o trem, mas não tem muito o que ver, em um dos bancos temos um jornal que conta os acontecimentos em Altíssia, tem um ou outro item para recolher nos vagões, mas só isso, após algum tempo chegamos em Cartanica e descemos do trem para explorar.

Temos que descer para a Mina Caestino para pegar a arma real, tem um elevador para nos levar até lá, mas antes disso descido explorar a região, aqui na estação tem alguns itens, na plataforma do elevador também, depois de explorar tudo o que quero, descido descer para as minas. Ignis me pergunta se estou pronto e temos a opção de levá-lo ou deixá-lo para trás, escolho deixá-lo, só para ver o que acontece, mas o bicho é teimoso e acaba vindo,

As Minas são um mapa enorme para explorar, descido ir pelos cantos, explorando tudo, antes de ir ao ponto da missão, no centro, Ignis não pode se mover rapidamente então o grupo todo precisa ir mais devagar par esperá-lo durante toda a dungeon, isso é bem chato e parece que foi feito só para o game render, mais chato ainda são as broncas do Gládio o tempo todo, afffeeee!!! Quando chego no ponto da missão, ele vai mudando de lugar até chegar na entrada de um túnel, que está travada por um gigante equipamento, sigo para o painel de controle, mas este está sem energia, sigo para o ponto onde devo pegar uma chave para pegar os geradores. são dois, pego a chave e na descida já passo pelos dois geradores e os ligo, com energia, o mecanismo faz com que a máquina se mova liberando o caminho.

Desço para a nova área, um lago subterrâneo/pântano gigantesco com alguns monstros, derroto-os, dou uma explorada, mas não tem nada por aqui, exceto a entrada para o sepulcro real, não, pera, a entrada está coberta por ovos gosmentos, examino-os para disparar uma cena e no segundo seguinte, me vejo numa batalha contra um Marlboro gigante e seu séquito de Marlborinhos. Eu estou no nível 69 com Noctis e 68 com os outros então consigo zerar o hp do monstro mas ele nunca morre. Dica de utilidade pública: NUNCA, EM HIPÓTESE NENHUMA, jogue uma magia de gelo se estiver batalhando dentro de um lago, cometi essa burrice e congelei TUDO!!!! fiquei um tempão tentando movimentar o Noctis ou curar os bros e não obtive sucesso, só quando o efeito da magia acabou foi que pude me mover. Graças ao nosso grupo do Whats, eu já sabia que não conseguiria matar o marlboro só na porrada e vou me movendo para chegar ao ponto do mapa onde o Ignis sugere uma estratégia para derrotar o monstro e termina com a luta jogando uma magia no monstrengo.

Se não bastasse o Marlborão, temos que lidar também com os Marlborinhos! Heheh
Temos mais cenas rápidas com diálogos entre os Bros, que decidem lavar a roupa suja e após essa cena tenho a opção de retornar diretamente para a estação, escolho sim e na estação, converso com um maquinista do trem para embarcar e terminar com mais esse capítulo! Sem sidequest, mas com muita história, pelo menos para os protagonistas.

0 comentários:

Posts relacionados: